x

Fale conosco

Anuncie aqui!

Anuncie aqui topo
Cadastre-seaqui
BR 135

Dep. Silas Freire solicita intervenção do MPF na BR 135

O deputado federal Silas Freire (Podemos) solicitou junto ao Ministério Público Federal (MPF) uma ação civil pública para a BR 135, conhecida como rodovia da morte, por conta das condições inadequadas da via que favorecem inúmeros acidentes

06/03/2018 10h19
Por: Sebastião Silva Neto-Jornalista MTE/DRT-0002001/PI
Fonte: Ascom
Silas Freire solicita intervenção do MPF na BR 135
Silas Freire solicita intervenção do MPF na BR 135
O deputado federal Silas Freire (Podemos) solicitou junto ao Ministério Público Federal (MPF) uma ação civil pública para a BR 135, conhecida como rodovia da morte, por conta das condições inadequadas da via que favorecem inúmeros acidentes. O parlamentar se reuniu com o procurador chefe do MPF no Piauí, Tranvanvan Feitosa, nesta segunda feira (5), oficializando o pedido de intervenção do órgão.
 
“Pela BR 135 é que acontece o escoamento da safra de grãos dos cerrados piauienses, por lá se tornaram comuns os tombamentos de caminhões e acidentes onde muitos piauienses perderam suas vidas. São 600 quilômetros desta rodovia estreita e com um perigosíssimo desnível. Agora com a nossa solicitação, a população daquele trecho tem também o reforço da justiça e não apenas da classe política.”, declarou Silas Freire na ocasião.
 
Já o procurador da República Tranvanvan Feitosa garantiu que o pedido do parlamentar será imediatamente encaminhado “Esta é uma tragédia que já é de conhecimento da sociedade local, que são as mortes que acontecem naquela BR. Obviamente cabe uma atuação do MPF para que a rodovia seja regularizada e evite o máximo de acidentes e fatalidades. O caso será imediatamente distribuído À representação e o procurador responsável cobrará providências do Governo Federal.”, afirmou.
 
Na oportunidade, Silas Freire ainda destacou que existe um clamor da sociedade por uma solução para a rodovia, mas que ela não tem sido priorizada: “A sociedade já tem se manifestado, mas parece que os governos não estão olhando para o clamor da população, por isso, já que a política está lenta viemos via Ministério Público e justiça.”, explicou o deputado Silas.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários