Sexta, 27 de Novembro de 2020 00:33
86998129270
Política Duplicação de BRs

Senador diz que duplicação das BRs devem ser retomadas

Os três senadores do Piauí assumiram o compromisso de priorizar a cobrança pelas obras

14/05/2019 06h24 Atualizada há 2 anos
Por: Sebastião Silva Neto-Jornalista MTE/DRT-0002001/PI Fonte: Com informações: Jornal ODIA
Reproduçao
Reproduçao

O senador Marcelo Castro (MDB) afirmou nesta segunda-feira (13), em entrevista ao programa O Dia News 1ª Edição, que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, firmou o compromisso de executar a duplicação das BRs 343 e 316 nos trechos que ligam Teresina a Altos e a Demerval Lobão, respectivamente.

De acordo com Marcelo, os três senadores piauienses decidiram se unir para cobrar do Governo Federal a realização da obra, que é aguardada há décadas pelos piauienses.

"Sempre jogam na cara da gente que todas as capitais do Nordeste têm as suas BRs duplicadas, menos Teresina, e isso é um sinal de desprestígio da bancada federal do Piauí - os dez deputados e os três senadores - porque não tiveram ainda força para duplicar as BRs. Então, nós fizemos um pacto lá em Brasília - os três senadores, eu, o Elmano e o Ciro. Nós resolvemos chamar para nós a responsabilidade da duplicação das BRs. A 316, que vai para o sul até Demerval Lobão, e a 343, até Altos. Para isso, nós tomamos várias providências, que culminaram com uma audiência com o ministro da Infraestrutura [...] Ele, evidentemente, concordou com o nosso pleito e vai implementar as medidas necessárias para que a gente possa fazer essas duplicações", afirma Marcelo.

O senador acrescenta que a duplicação da BR 316 deve ser iniciada primeiro, pois seu projeto está mais adiantado. Segundo Castro, cada obra deve custar de R$ 50 milhões a R$ 100 milhões.

"A duplicação da BR 316, até Demerval Lobão, deve começar deste ano para o próximo, e, logo em seguida, a de Altos, que está um pouco atrasada na questão do projeto, porque na BR 316 nós já temos o anteprojeto feito pelo DNIT aqui do Piauí. Já com relação à BR 343, o DNIT de Brasília avocou para si a responsabilidade de fazer o projeto, e lá talvez eles tenham condições de fazer de maneira mais célere", detalha Castro.

Ele1 - Criar site de notícias