x

Fale conosco

Anuncie aqui!

Cadastre-seaqui
Anuncie aqui topo
POLITICA

Presidente da Câmara Municipal de Maracanaú é alvo de operação da Polícia Civil e Ministério Público

As buscas estão centralizadas no gabinete da presidência da Casa

19/09/2019 12h28Atualizado há 3 meses
Por:
Fonte: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/editorias/seguranca/online/presidente-da-camara-municipal-de-maracanau-e-alvo-de-operacao-da-policia-civil-e-ministerio-publico-1.2147679
As operações
As operações

Três pessoas são presas em operações contra corrupção em Maracanaú.



As operações "Fantasma" e "Sued" investigam contratação de funcionários fantasmas na Câmara Municipal de Maracanaú e lavagem de dinheiro



Três pessoas foram presas e 21 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em ações das operações Fantasma e Sued, do Ministério Público Estadual (MPCE), realizadas em Maracanaú nesta terça-feira (10). O presidente da Câmara Municipal de Maracanaú, vereador Carlos Alberto Gomes de Matos Mota, é um dos alvos das investigações, que apuram suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro no município.  

O MPCE não confirmou a prisão do vereador e afirmou que o processo tramita em segredo de Justiça.  

A sede da Câmara, residências particulares e sedes de empresas foram alvo de buscas e apreensões por policiais civis da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) e Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).  

De acordo com o MPCE, a Operação Fantasma apura "suposta contratação de servidores fantasmas na Câmara Municipal, bem como suspeita de desvio de recursos da remuneração de servidores daquela Casa Legislativa".  

Já a “Operação Sued” investiga esquema de lavagem de dinheiro com suposto envolvimento de uma empresa localizada em Maracanaú.



 

Por Redação, 15:17 / 10 de Setembro de 2019 ATUALIZADO ÀS 15:25  

 

Os servidores dos gabinetes dos vereadores ficaram do lado de fora da Câmara de Maracanaú aguardando a conclusão das operações na sede. 

Uma operação da Polícia Civil do Ceará e do Ministério Público do Ceará (MPCE) cumpre, na manhã desta terça-feira (10), mandados de busca e apreensão na Câmara Municipal de Maracanaú, na Grande Fortaleza. O principal alvo das investigações é o presidente da Casa, o vereador Carlos Alberto Gomes de Matos Mota.

Policiais civis da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) e Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) realizam buscas, que estão centralizadas no gabinete da presidência da Casa, mas a ação pode se estender por outros gabinetes.

Os servidores dos gabinetes dos vereadores ficaram do lado de fora da Câmara. Eles não podem entrar até que a operação seja concluída. 

O promotor de Justiça, Emanuel Epaminondas, disse que o processo de investigação corre em segredo de Justiça. Ele não falou nada de detalhes da operação. O promotor afirmou também que não poderia confirmar ou não a prisão temporária do presidente da Câmara Municipal de Maracanaú.

O Diário do Nordeste não conseguiu contato com o vereador Carlos Alberto Gomes de Matos Mota.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários